terça-feira, outubro 19, 2021
InícioEstilo de VidaUm pomar nas alturas

Um pomar nas alturas

Projeto ousado do paisagista Alex Hanazaki coloca jabuticabeira como grande estrela das varandas do Legacy City Home

Um pomar nas alturas

Projeto ousado do paisagista Alex Hanazaki coloca jabuticabeira como grande estrela das varandas do Legacy City Home

Poucas frutas transmitem tanta brasilidade quanto a jabuticaba. Nativa da Mata Atlântica, a jabuticaba é cultivada em pomares domésticos desde os tempos do Brasil Colônia e tem forte aceitação em Goiás, onde fazendas de jabuticabais fazem a alegria das famílias durante a safra anual, entre agosto e setembro.

Ter uma jabuticabeira no quintal de casa é um privilégio cobiçado por muitos, mas e se você pudesse realizar este sonho mesmo morando em um apartamento?

Um pomar nas alturas
Varanda do Legacy City Home poderá receber árvores frutíferas, como a jabuticabeira
Luana Castro

Essa é a proposta inédita que o Legacy City Home traz para Goiânia. O novo empreendimento da City Soluções Urbanas e a O.M. Incorporadora emprega o conceito de “mansões suspeitas” em sua totalidade e oferecerá uma jabuticabeira para cada um dos apartamentos com varanda.

O contato com a natureza, simbolizado por meio da jabuticaba, é uma das principais propostas do consagrado paisagista paulista Alex Hanazaki para o empreendimento que será construído no Setor Marista, com vista para o Parque Areião.

A jabuticabeira foi escolhida por diversos motivos. Além de representar um sabor tipicamente brasileiro, é uma árvore imponente, por causa de sua folhagem bastante volumosa. Os exemplares cultivados nas varandas do Legacy vão atingir, em média, 2,5 metros de altura e serão plantados em uma área reservada da varanda, ao nível do piso.

Um pomar nas alturas
Varanda do Legacy City Home é um quintal nas alturas, com direito a piscina privativa e jardim
Luana Castro

A irrigação será feita como em um quintal de uma casa convencional, aproximando ainda mais os moradores da sensação de contato constante com o verde.

Alex Hanazaki é o único paisagista brasileiro a receber o prêmio Honor Professional Awards da Sociedade Americana de Arquitetos e Paisagistas (ASLA, na sigla em inglês), a mais respeitada associação de paisagismo do mundo, ao ter sido reconhecido como autor do jardim residencial mais bonito do planeta, em 2014. Essa bagagem profissional estará presente nas concepções do Legacy, não apenas nas varandas dos apartamentos, mas também nos jardins do hall social e das áreas de convivência e lazer.

Uma das principais propostas do paisagista para o novo empreendimento é a utilização do verde para criar uma atmosfera de requinte.

Apesar de ter trabalhos em áreas externas de residências e escritórios em países como Estados Unidos, Alemanha, Arábia Saudita e Marrocos, Hanazaki faz questão de recorrer à sua terra natal como inspiração para suas criações, abraçando a diversidade climática e de espécies existentes no Brasil – “terra em que tudo dá”, como ele mesmo gosta de frisar. Antes da jabuticabeira, outras árvores típicas do país, como o pau-brasil, foram estrelas de alguns de seus trabalhos.

Um pomar nas alturas
Decorado do Legacy City Home nos mostra como a natureza ajuda a compor um cenário sofisticado e elegante
Luana Castro

 

Um pomar nas alturas

Além da participação de Hanazaki, o Legacy City Home conta com a assinatura da conceituada arquiteta e designer Patricia Anastassiadis e terá unidades de 270 a 690 m², sendo 4 e 5 suítes, além de uma exclusiva cobertura de 1.100 m². Já é possível conhecer um pouco mais deste conceito no apartamento decorado localizado na Alameda Cel. Eugênio Jardim, no Setor Marista.

As visitas ao decorado de 370 m² podem ser agendadas por meio do site oficial do empreendimento (www.legacycityhome.com.br) e respeitam todas as regras de prevenção ao coronavírus, com distanciamento e uso obrigatório de máscaras.

Leia tambem: Sodiê Doces e Salgados patrocina Tributo ao Rei do Pop

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente