domingo, maio 22, 2022
InícioSaudeQUEDA DE CABELO: QUANDO É HORA DE PROCURAR AJUDA PROFISSIONAL.

QUEDA DE CABELO: QUANDO É HORA DE PROCURAR AJUDA PROFISSIONAL.

São nas situações habituais fazendo uma auto análise que as pessoas vão poder perceber se estão com queda de cabelo fora do habitual.
Primeiro passo é ficar atento a quantidade de fios que você anda perdendo.
O Dr. Alvaro Fortes, dá dicas simples para essa avaliação:
Ao tomar banho, observe a quantidade de fios no ralo do banheiro.
Na hora de escovar o cabelo preste atenção se na escova ficam mais fios que os habituais. O travesseiro também é uma boa forma de alerta, olhe sempre ao acordar quantos fios tem na fronha. Aliado a isso, observe se o seu couro cabeludo parece estar com menos densidade capilar, aparecem dores no couro cabeludo e com pequenas áreas de rarefação.
Se voce respondeu sim para a maioria das dicas? Então, atenção, talvez seja hora de buscar a orientação de um médico dedicado aos cuidados com o cabelo.

CORONAVÍRUS E A QUEDA DE CABELO

Para muitas pessoas que se infectaram com o novo coronavírus (Sars-CoV-2), a cura ou desaparecimento do agente infeccioso da circulação não representa necessariamente o fim dos problemas.
Vários sintomas podem persistir por muito tempo. Já existem relatos e estudos sobre a possível perda de memória e outros transtornos neurológicos. Outra queixa muito comum tem sido a de perda de cabelo.

Essa queixa apareceu em um levantamento americano conduzido pela Escola de Medicina da Universidade Indiana e pela Survivor Corps, um grupo de sobreviventes do Covid-19 que busca aumentar a compreensão sobre a doença e impedir a disseminação do vírus. Cerca de 1 500 pacientes que sofreram com sintomas por semanas e até meses participaram da investigação.

OUTROS FATORES QUE LEVAM A QUEDA

O estresse tanto físico como mental é uma das principais causas de queda de cabelo. Excesso de vitamina A ou B , embora seja relativamente raro a presença excessiva dessas vitaminas no corpo pode contribuir também para esse problema.
Alterações hormonais que podem acontecer em vários momento da vida, especialmente durante a adolescência.
Uso de antidepressivos e outros remédios como os anticoagulantes ou os remédios para pressão alta podem ter o efeito colateral de contribuir para a queda de cabelo.
Cansaço excessivo, a anemia também pode causar a queda de cabelo, já que os fios recebem menos sangue, nutrientes e oxigênio tornando-se mais fracos e quebradiços.

O QUE FAZER EM CASO DE PERDA DE CABELO

Primeiramente avaliar a perda de forma comparativa com periodos anteriores. Se esta perda fou maior e permanecer por um tempo aproximado de tres semanas ja acende um sinal de alerta.
procurar um especialista, para saber o que realmente está provocando a perda dos fios. Quanto mais cedo o diagnóstico melhor são as probabilidades de sucesso no tratamento.
O melhor método de tratamento varia a cada caso, depende do motivo da queda e área de cabelo perdida.
Em alguns casos o melhor resultado, mais duradouros e natural é através dos transplantes capilares.

No processo FUE (Follicular Unit Excision), folículos capilares saudáveis são extraídos do próprio doador, da região da nuca ou lateral da cabeça, como também do peito e barba quando necessario.
Cada um destes folículos saudáveis possui de 1 a 6 fios de cabelo, que são utilizados para o transplante em uma área com pouco ou nenhum cabelo.

Segundo o Dr. Alvaro Fortes, na técnica FUE, é realizada apenas a extração dos folículos, sem cortes, em uma cirurgia menos agressiva e com um tempo de recuperação menor e virtualmente indolor.
“A cirurgia é complexa pelo tempo de procediemento, mas não oferece riscos aos pacientes. No dia seguinte o paciente realiza a lavagem e faz o curativo. Após 3 dias, já é possível retornar à sua rotina normal, sem esquecer dos cuidados gerais “, conta ele.

O resultado final aparece em media 1 ano após o procedimento e, ja nos primeiros 6 meses, podemos ver o crescimento do transplantado. Durante todo este processo, o paciente tem todo o acompanhamento e respaldo profissional.

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente