quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioModaA importância do visagismo na criação de uma imagem

A importância do visagismo na criação de uma imagem

 

Quando falamos de  Visagismo podemos  dizer que vai muito além de um corte de cabelo adequado para cada rosto ,o profissional visagista estuda técnicas que  buscam harmonizar esteticamente a identidade da  pessoa

É muito comum encontrarmos pessoas querendo um corte de cabelo igual ao da cantora da moda ou da atriz da novela,o resultado raramente fica bom, Isso acontece por causa do formato do rosto e da estrutura óssea,  ou estilo da pessoa que  não combina com o que  deseja.

Para o cabeleireiro acertar em um corte de cabelo, ele precisa usar o visagismo: “A arte de criar uma imagem pessoal que revela as qualidades interiores de uma pessoa, de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual (harmonia e estética), utilizando a maquilagem, o corte, a coloração e o penteado do cabelo, entre outros recursos estéticos”.

Débora Deiros Hairstylist e Visagista  afirma que o visagismo se define como a construção da imagem que revela a identidade da pessoa, colocando a imagem em sintonia com o modo de vida de cada um  e nesta  matéria ela  fala mais diretamente com os profissionais falando sobre o assunto e dando dicas .

Uma imagem fala mais do que palavras, ainda mais quando aplicamos isso na imagem pessoal pois a reação de quem olha é meramente emocional. Não é preciso conhecer as técnicas de visagismo para reconhecer as mensagens transmitidas pela imagem do outro.

Utilizando esse estudo do visagismo conseguimos descobrir qual tipo de corte e tonalidade combina com cada rosto ou pessoa:

-Rosto Oval – Aceita diversos tipos de cortes, que podem variar desde os curtos até os longos. A franja também é opcional para este tipo de formato de rosto. Para dar um toque extra, entre na moda e evite desenhos retos para os fios. Um corte mais desfiado ou desconectado pode render charme extra a este visual.

-Rosto Redondo – É importante não abusar no volume dos fios, em sua extensão, melhor deixar a parte de cima mais com mais volume e as laterais desfiadas, e as franjas e o comprimento um pouco abaixo do ombro são recomendados e podem ser tanto assimétricos quanto retos, e  o famoso rabo de cavalo pode não ficar bom para esse formato de rosto.

-Rosto Quadrado – Cortes de comprimentos variados são indicados para este formato de rosto, e se caso queira um look mais curto, o chanel é uma boa aposta, cortes mais longos também são indicação certeira, e franja reta deve ser evitada, mas se for em camadas, mais longa, pode cair muito bem.

– Rosto Triangular – Os cabelos desconectados são uma ótima indicação para este rosto, seja o corte longo, médio ou curto, os fios assimétricos rendem charme e equilibram ao formato da face, e especialmente se o seu cabelo for cacheado ou crespo, evite os fios retos, e as franjas podem ser curtas e retas ou longas mas tem que ser desfiadas. Os cabelos com linhas verticais e retas : estrutura

Os cabelos com linhas retas horizontais: Transmitem estabilidade.

No entanto, uma franja reta e um cabelo com linhas verticais e base na horizontal, por exemplo, cria uma espécie de barreira e mostra que a pessoa é convencional.

Cabelos com linhas inclinadas: Transmite dinamismo. Os cabelos com linhas inclinadas (desfiados ou repicados) que se voltam para dentro representam introversão e dinamismo, que segundo a todo os meus estudos e anos de experiência é algo perigoso, pois mostra desequilíbrio.

O ideal são as linhas inclinadas voltadas para fora, pois elas mostram que a pessoa é dinâmica e extrovertida.

Cabelos com linhas curvas: Os cabelos estilo “Paola Oliveira” transmitem amplitude, sensualidade, lirismo e romantismo.

Cabelos com linhas mais fechadas (cachos): transmite uma imagem emocionalmente de liberdade ou despojada .

Cabelos com linhas quebradas (encaracolados): É uma linha lúdica, que transmite imaturidade. Os encaracolados normalmente não são levados a sério. “Por isso antigamente a maioria das mulheres, quando chegava à idade adulta não gostava desse tipo de cabelo. Elas reagiam emocionalmente, instintivamente ao se olhar no espelho, porque queriam passar um ar mais madura ou sensual. E essa é a mesma reação de quem as viam, hoje graca a Deus e ao grande visagista Vidal Sassoon mudou se esse conceito

Uma dica da  Débora para quem quiser se aprofundar no assunto é assistir o documentário do famoso cabeleireiro Vidal Sassoon ou participar dos cursos em suas academias , reconhecido por ter criado uma forma de penteado baseada nos conhecimentos de design da Bauhaus e cortes baseados nas formas geométricas. Ele foi responsável pela popularização da noção de um estilo personalizado e sem padronização, a partir de 1965

E ela afirma para se torna um bom hairstylist  é fundamental se especializar em conhecimentos para melhor atender suas clientes .

Contato :Débora Deirós  @studiodeboradeiros

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente