domingo, junho 20, 2021
InícioSem categoriaMorre cientista brasileiro Sérgio Mascarenhas

Morre cientista brasileiro Sérgio Mascarenhas

Aos 93 anos, morre o grande cientista brasileiro Sérgio Mascarenhas, defensor da ciência e fundador da brain4care

É com muita tristeza que informamos o falecimento, nesta noite de 31 de maio, do Professor Sérgio Mascarenhas, aos 93 anos de idade, em Ribeirão Preto (SP), em decorrência de parada cardíaca. A morte do cientista, físico e químico leva ao luto todos os que acreditam no desenvolvimento científico e na democratização da educação e da ciência como forma de construir um Brasil mais justo, com mais saúde e acesso.

Professor no Instituto de Física de São Carlos, na USP, e presidente de honra da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Sérgio Mascarenhas lecionou, pesquisou, desenvolveu tecnologias e recebeu títulos em dezenas de universidades e centros de pesquisa internacionais, como os laboratórios da Bell Labs e RCA, as Universidades de Princeton e Harvard, o Massachusetts Institute of Technology (MIT), entre outras instituições da Inglaterra, Alemanha, México e Japão.

Morre cientista brasileiro Sérgio Mascarenhas

Em sua brilhante trajetória profissional, o Professor Sérgio Mascarenhas optou por não aceitar os inúmeros convites recebidos para se estabelecer em grandes centros de pesquisa no exterior para abraçar seu compromisso com a ciência e sua missão de contribuir com a ciência e a educação de seu país. Aos 86 anos fundou, no Brasil, a brain4care, e por meio dela, deixa uma herança inestimável para toda a humanidade.

Dotado de inteligência e senso de empreendedorismo singulares, o cientista sempre esteve de mãos dadas com a inovação. Defendia que era necessário diminuir a distância entre a “Torre de Marfim”, como chamava os centros de conhecimento científico, e a sociedade. Um dos exemplos mais recentes foi quando questionou e comprovou cientificamente que a caixa craniana é expansível. Com isso, derrubou um dogma da Medicina – um dos pilares da Doutrina de Monroe Kellie, de 1783 – e criou uma tecnologia que abriu inúmeras portas para a ciência.

Para levar os benefícios de sua descoberta às pessoas, em 2014, aos 86 anos, criou uma startup – hoje a brain4care, uma healthtech reconhecida por tornar acessível um novo sinal vital, com potencial de impactar um bilhão de vidas, segundo a Singularity University.

Aos 93 anos, o Professor Sérgio Mascarenhas, que se manteve trabalhando, fazendo descobertas e inovando até os últimos dias, deixa como legado, além dos inúmeros projetos científicos que impactaram vidas de pessoas em várias partes do mundo, a certeza do quanto é fundamental para um país valorizar a educação e a ciência. Essa missão de usar a ciência em prol da humanidade será levada adiante pelos que compartilham com ele essa mesma missão. O legado deixado pelo Professor, como era carinhosamente chamado, é imensurável, do ponto de vista humano e científico.

Brain4care

Fonte: Bowler

Leia tambem:Rafael Manole o maquiador das celebridades

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente