sexta-feira, dezembro 9, 2022
InícioEconomia e NegóciosThiago de Moraes alerta usuários da Internet sobre fraudes e golpes de...

Thiago de Moraes alerta usuários da Internet sobre fraudes e golpes de estelionatários

Thiago de Moraes alerta a população sobre o vazamento de dados na Internet prejudicando de maneira assustadora os cidadãos que são comprometidos com tais ações com a violação de seus direitos fundamentais

Vazamento de dados Nos últimos anos, verificou-se, em todo o mundo e em todos os âmbitos, avanços significativos e contínuos dos meios de tecnologia, fato que possibilitou novas configurações das relações sociais.

A era tecnológica atual, para chegar ao estado que hoje se encontra, passou por transformações gradativas ao longo do tempo. Na contemporaneidade, essa tecnologia está inserida no cotidiano de todos os indivíduos, apresentando diversos benefícios.

No contexto atual da globalização, a internet permite o conhecimento de informações em tempo real, a comunicação com pessoas distantes fisicamente, a troca de informações de maneira rápida e efetiva, entre outras contribuições. Nesse cenário, a sociedade está inserida em um contexto tecnológico, o qual acarreta novas configurações às relações sociais que se estabelecem. Além disso, a tecnologia é capaz de gerar transformações em diversos outros âmbitos, sendo cotidianamente utilizada nas tarefas dos indivíduos.

Entretanto, esse novo cenário atual abre margem para o cometimento de condutas violadoras de direitos fundamentais, como é o caso do vazamento de dados. Nos últimos anos, diversas notícias sobre vazamento de dados foram divulgadas, fato que gera uma enorme insegurança por parte dos usuários. Isso porque as vítimas de vazamento de dados ficam mais expostas e suscetíveis a golpes, fraudes e mais vulneráveis a cometimento de crimes cibernéticos,como é o caso do estelionato.

A exposição dos dados pessoais dos indivíduos já ocorreu, entre outras empresas, por parte de operadoras de telefonia.No dia 10 de fevereiro, detectou-se que mais de 103 milhões de contas de celular de operadoras como Oi, Claro, Tim e Vivo sofreram ataques nos seus sistemas, colocando em risco a privacidade dos seus clientes.

Mais recentemente, houve a invasão dos dados pessoais dos clientes da operadora Claro, por parte do grupo de hackers Laupsus. Essa situação é de imensa preocupação,pois o grupo poderia vender as informações do público na dark web. Os estragos seriam imensuráveis, tendo em vista que estima-se que mais de 10.000 TB de dados foram vazados. Com esse vazamento, os clientes da operadora ficam vulneráveis a golpes, fraudes,crimes.

Toda essa situação demonstra a falta de preocupação das operadoras de telefonia com relação à proteção dos dados pessoais dos clientes. Nada obstante tenha sido editadaa Lei Geral de Proteção de Dados (Lei n. 13.709, de 14 de agosto de 2018), nota-se que não há investimentos e ações suficientes por parte das operadoras de telefonia para evitar tais situações, por mais recorrentes que sejam.

Não há investimentos na segurança e na privacidade dos clientes e usuários. Não há interesse em preservar os dados pessoais dos indivíduos. As operadoras de telefonianão podem garantir a segurança, pois elas não a oferecem. Diversos direitos fundamentais são violados com esse vazamento: privacidade, intimidade, segurança, vida privada.  Por Thiago de Moraes

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente