quarta-feira, agosto 4, 2021
InícioEntretenimentoTeresa Kodama participa da Muestra Colectiva Virtual Internacional de Artes Visuales, intitulada...

Teresa Kodama participa da Muestra Colectiva Virtual Internacional de Artes Visuales, intitulada “Palabra de Artista”, na Argentina

A Artista Plástica Teresa Kodama participa da Muestra Colectiva Virtual Internacional de Artes Visuales, intitulada “Palabra de Artista”, na Argentina, organizada pelo Curador de Arte Dario Zilbersztein, parceria com a Arte Global. 

 
Teve início no dia 17 de julho de 2021, às 19 horas, pelo YouTube, Facebook e Instagram, a Muestra Colectiva Virtual Internacional de Artes Visuales, na Argentina, organizada por Dario Zilbersztein. Teresa Kodama foi convidada para participar da Muestra Colectiva Virtual intitulada “Palabra de Artista”. 
Teresa Kodama está participando com três obras intituladas “Adorável Dançarina Espanhola”, “A Charmosa Avenida São João ” e “Em Algum Lugar da Deslumbrante Lisboa.”. A inauguração da Muestra Colectiva Virtual, assim como a Muestra Colectiva, foi organizada brilhantemente por Dario Zilbersztein @dzilbersztein. 


A Exposição conta com sessenta e três participantes de onze países, com mais de 150 (cento e cinquenta) trabalhos, com a magnífica curadoria, de Darío Dario Zilbersztein, e com a  parceria e divulgação da Arte Global by Malvicino Palerno, de Alejandra Malvicino e de Victor Palermo. 

 
Teresa Kodama se sente muito honrada e feliz por estar nessa importantíssima Muestra junto a grandes Artistas e deixa registrado os seus sinceros agradecimentos a Dario Zilbersztein, a Arte Global by Malvicino Palermo e a Alejandra Malvicino e Victor Palermo, pela oportunidade em apresentar o seu trabalho. 

E o Curador de Arte Dario Zilbersztein deixa uma importante mensagem, onde fala do início da carreira e da sua trajetória profissional como Artista Plástico e como gestor cultural: 
 
“Meu nome é Dario Zilbersztein

Sou arquiteto, artista plástico e gestor cultural. 
Desenhei toda a minha vida e comecei a pintar há mais de 20 anos, adotando o surrealismo como forma de expressão dos meus trabalhos. 
Como gestor cultural, fui diretor e curador da Arteme, a galeria de artistas emergentes do artista Carlos Regazzoni, por cerca de sete anos.  

Fui o diretor de arte da CasAzul, um espaço de arte e experimentação. Paralelamente, organizo e faço a curadoria de exposições em várias galerias e espaços culturais, como Nayart ou o Centro Cultural Borges. 

 
A partir da pandemia de Covid, em 2020, comecei a organizar exposições virtuais, como forma de me adaptar à nova realidade, e continuar divulgando e compartilhando arte, tanto minha como de outros artistas. 

 

Até hoje já fiz 7 shows virtuais, com a participação de artistas argentinos e mais de 12 países. Por enquanto, e salvando algumas exceções de samples face a face, esse formato veio para ser instalado, e para ficar, com certeza por um bom tempo. A vantagem desse tipo de exposição é a possibilidade de incluir artistas de todo o mundo e compartilhar seus trabalhos por meio de redes, atingindo um público muito maior do que seria possível com as exposições presenciais. 

 
Nas últimas amostras, comecei a trabalhar em colaboração com a Arte Global, de Alejandra Malvicino e Victor Palermo, radicados no Brasil. Esse trabalho conjunto dá a possibilidade de agregar excelentes artistas internacionais, como é o caso da artista brasileira Teresa Kodama, que já participou de duas exposições virtuais, exibindo seus fabulosos trabalhos e expressando sua reflexão sobre a arte e seu trabalho como artista. 

 
A última exposição realizada foi inaugurada no sábado, dia 17 de julho. Seu nome é Palabra de Artista. A intenção da mostra, além de mostrar as obras de 63 artistas de diferentes partes do mundo, como Cuba, Brasil, Itália, Índia, Canadá, México, Israel, Argentina, Paraguai, Uruguai e Cingapura, era poder ver e ouvir os artistas, refletindo sobre a arte. 

 
As amostras são divulgadas por meio de redes sociais como Facebook e Instagram 
Tanto o Word of Artist, quanto os exemplos anteriores, também podem ser vistos no meu canal no YouTube: Dario Zilbersztein 
Também convido você a visitar meus trabalhos em meu site, www.dariozilberszteinart.com

Seguir o caminho da arte é uma decisão de vida. É uma forma de encarar o mundo, de um ponto de vista mais sensível. E é se expor permanentemente ao olhar do outro. Aqueles de nós que fazem arte, apesar de às vezes ter que viver e / ou trabalhar de outra coisa (já que é muito difícil viver do trabalho de nossos artistas), nunca desistimos de nossos sonhos de nos expressarmos e de nos transformarmos nossos interiores através de uma tela, uma cor, uma forma.”. 

 
Teresa Kodama deixa uma mensagem a todos: “Amor pelas Artes Plásticas.  

As Artes Plásticas se tornaram parte de meu ser. As cores me fascinam e encantam os meus olhos, a minha alma e o meu coração. Eu me encanto por tudo o que faço e faço tudo com amor!! 

Retrato os sentimentos e emoções em desenhos, em aquarelas, em telas, em maquetes e em tudo que possa expressar as mais sublimes emoções emanadas de Deus!!!”. 
Prestigiem a encantadora Muestra Colectiva Virtual Internacional de Artes Visuales e se sintam envolvidos com os magníficos trabalhos dos Artistas!!!”. 

 

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente