quinta-feira, dezembro 8, 2022
InícioEconomia e NegóciosSmart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das...

Smart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das Comunicações Fábio Faria

Smart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das Comunicações Fábio Faria

Evento apresentou diversas soluções para tornar as cidades mais inteligentes

O mais estratégico evento sobre cidades inteligentes do País voltou a reunir empresas, entidades, especialistas e representantes do poder público para gerar um diálogo propositivo sobre as grandes questões que desafiam a consolidação de um ecossistema robusto e autossuficiente no Brasil. A 9ª edição do Smart City Business Brazil Congress 2022 aconteceu em São Paulo e atraiu mais de 50 expositores, 250 palestrantes e cerca de 2.500 visitantes. Nesta edição foi reforçado o caráter estratégico do evento, que estabeleceu critérios ainda mais rigorosos para as inscrições de pessoas efetivamente ligadas aos setores de interesse, com poder ou influência nas decisões e com efetivamente interessadas nas tecnologias e serviços oferecidos pelos expositores.Smart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das Comunicações Fábio Faria

Em três dias, foram realizadas sessões plenárias, painéis e reuniões estratégicas, com foco no trabalho colaborativo, a troca de ideias, visões e soluções transformadoras para consolidar a infraestrutura digital das cidades brasileiras, inclusive, com a participação do Ministro das Comunicações, Fábio Faria, no encerramento desta quinta-feira, 26 de maio.

Segundo Leopoldo Albuquerque, presidente global do Instituto Smart City Business e organizador do evento, o grande diferencial desta edição foi a quantidade de pessoas representativas de importantes municípios brasileiros e grandes empresas que atuam por cidades mais inteligentes. “As discussões tiveram cunho prioritário do ponto de vista do mercado, porque o objetivo do evento é fazer com que as pessoas discutam e entendam para onde o País está indo, como o mercado está se formando. Não tratamos de conceitos. Tratamos de mercado. Tudo que norteou as discussões tinha a ver com o que os mercados podem fazer para termos cidades mais inteligentes. Depois de uma pandemia, realizar um evento com as presenças dos portes que tivemos e soluções apresentadas realmente é a maior validação do sucesso desta edição”, disse.

A abertura foi marcada pelo encontro entre o poder público e empresas com soluções inovadoras para um diálogo propositivo sobre as grandes questões que desafiam a consolidação de um ecossistema robusto e autossuficiente no país. A quarta-feira (25) começou com o painel entre líderes municipais, “Experiências que valem ouro: O que os prefeitos podem ensinar sobre gestão pública?”, com a presença de Antônio Duarte Nogueira Jr, Prefeito de Ribeirão Preto (SP); Marcelo Padovan, Prefeito de Campos do Jordão (SP), Adriano Silva, Prefeito de Joinville (SC), Álvaro Dias, Prefeito de Natal (RN).

Ao longo do dia, outros líderes municipais e CEOs de grandes marcas se revezaram entre os painéis e reuniões estratégicas. O prefeito Adriano Bornschein, de Joinville, celebrou a oportunidade que o Smart City Business Brazil Congress oferece. “Para Joinville, estar neste evento é muito importante para ter acesso a novas tecnologias, conhecer o que outras cidades estão implementando e levar esta inovação aos nossos cidadãos”, comenta o representante do município que está realizando um grande projeto de integração entre as secretarias.

5G é tema de conversa entre o ministro das comunicações e CEOs

No último dia de evento, o ministro das Comunicações, Fábio Faria e os CEOs de diversas empresas de telecomunicações se encontraram para debater como as empresas e o governo podem trabalhar juntas para o desenvolvimento do 5G no Brasil para beneficiar toda a população. A demanda por soluções 5G tem o potencial de gerar R$ 101 bilhões na próxima década para empresas e startups brasileiras ou instaladas no Brasil, mostra um estudo realizado pelo Governo Federal.Smart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das Comunicações Fábio Faria

Smart City Business Congress 2022 encerra com a presença do Ministro das Comunicações Fábio Faria

A conversa teve como anfitrião Leopoldo de Albuquerque, presidente global do Instituto Smart City Business e foi coordenada pelo CEO da Futurion Análise Empresarial e ex-presidente da Telebras, Caio Bonilha. O encontro contou com a presença do CEO da Nokia para o Brasil, Aílton Santos; do CEO da Juganu, Bruno Gemus; do Presidente da High Trend Brasil, Carlos Sanchez; do Presidente da American Tower do Brasil, Emerson Hugues; do CEO da Everynet Brasil, Gustavo Zarife; do presidente Latam da Qualcomm, Luiz Tosini; do presidente da Ericsson para o Cone Sul da América Latina, Rodrigo Dienstmann; do CEO da Cloud2U, Wagner Barreira; e do Presidente da ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Igor Calvet.

A reunião iniciou com Fábio Faria, que parabenizou o evento, e apontou como o 5G vai impactar diversos segmentos econômicos. “Com a implementação do 5G em todo o país, será possível desenvolver diversas áreas da economia: agricultura, transporte, varejo, telemedicina, segurança e educação”, disse. “Um evento como este consegue congregar empresas, prefeitos, secretários, todos preocupados para que as cidades, estados, e o governo desburocratize para que o setor de telecom possa fluir. Hoje, as cidades inteligentes já são realidade, nós já temos o 5G funcionando e teremos grandes investimentos no segmento para poder ativar todos os setores da economia brasileira. Eu acredito que o Brasil já é o país do presente”, celebrou.

Nesse sentido, o CEO da Nokia, Aílton Santos, exemplificou algumas iniciativas concretas no setor, como a colaboração para a luminária inteligente que integra antenas 5G aos equipamentos. O Conecta 5G tem parceria da Nokia, Qualcomm e a companhia israelense Jugano, que juntas desenvolveram a solução que vai impactar o mercado e a vida nas cidades. “Dentro da agenda ESG, temos um compromisso social e econômico e o Brasil tem uma oportunidade enorme pela frente com as luminárias inteligentes”, comentou.

O presidente Latam da Qualcomm, Luiz Tosini, ainda lembrou que muitos dispositivos móveis já estão preparados para o 5G e que a tecnologia abre um caminho para as soluções IoT. “Atualmente, 17% dos smartphones são 5G, mesmo sem que a tecnologia tenha sido lançada. Nós entendemos que, sobretudo do ponto de vista da Internet das Coisas (IoT), a tecnologia vai contribuir para que tudo possa ser integrado, como câmera, sensores, novos tipos de wi-fi, criando um ecossistema. Acredito que vamos ter a estrutura mais potente de telecomunicações no mundo”, explicou.

Novas tecnologias, novas cidades

Dentre as novidades que inspiraram os participantes do evento, destaca-se a inovação da L8 Group, que trouxe novidades de câmeras corporais, usinas solares, wi-fi para escolas, detector de metais, radar inteligente e equipamento anti-drone para o Smart City Business. As soluções de tecnologia do grupo curitibano foram apresentadas no evento em parceria com a Hikvision. Segundo Luiz Brambila, Gerente de Marketing, o evento conectou o poder público às inovações do setor. “O Smart City Business Congress trouxe visibilidade das soluções a outros municípios que não tínhamos acesso, criamos novos contatos e esperamos afinar ainda mais nosso relacionamento com essas cidades e participar dos processos licitatórios no futuro”, aponta.

Para Marco Bonera, CEO da Techboard, participar do evento é sempre muito importante. “O Instituto Smart City Business tem atividades extremamente necessárias principalmente neste momento de crescimento das cidades brasileiras no caminho da tecnologia. Apesar de sermos uma empresa italiana, temos raízes muito fortes por aqui. Nosso objetivo é fornecer tecnologia da Europa e dos Estados Unidos para o Brasil e ajudar ao máximo neste caminho de crescimento das cidades e estados. Esperamos ver os resultados nos próximos anos”.

Para Fernando Martinelli, Presidente da ATMAN Systems, empresa provedora de software e hardware, estar presente no evento foi bom para construir novas conexões. “A participação da ATMAN na Smart City Business Congress foi muito importante. Este encontro serviu para fomentar essa conexão com as empresas e a gestão pública em nível mais intimista do que esperávamos. Discutir gestão pública com o uso tecnológico é algo difícil de encontrar em outros eventos”.

Enquanto a ABX, que trouxe soluções inovadoras e eficientes para serviços públicos e privados, a participação da empresa trouxe a oportunidade de conhecer novos clientes. “Integrar o Smart City Business Congress e mostrar nossos serviços para o setor público e segmentos interessados é uma proposta muito valiosa. Tivemos ainda a oportunidade de criar novas oportunidades e clientes, que é o principal objetivo da feira”, ressalta Renato Neves, Diretor da ABX.

Para o diretor superintendente do PTI-BR, General Eduardo Garrido, participar deste importante evento foi uma imersão em Cidades Inteligentes. “Gestores de prefeituras, empresas e parceiros estiveram presentes no estande e conheceram os projetos em Smart Cities desenvolvidos e testados em Foz do Iguaçu pelo Parque Tecnológico Itaipu e seus parceiros – ABDI, COPEL, INMETRO, Brasil Soberano e Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. Foi também uma oportunidade de apresentar, conectar, executar e possibilitar a replicação dessas iniciativas em outros municípios, promovendo o desenvolvimento, negócios, inovação e a melhoria da qualidade de vida e bem-estar do cidadão”, destacou.

O tema das smart cities é tão relevante que algumas cidades contam com uma coordenação exclusiva, como é o caso do Rio de Janeiro. “A coordenadoria tem como objetivo conectar as ações das secretarias, empresas privadas e da sociedade civil, que possam melhorar o bem-estar da população do Rio de Janeiro. Entendemos que nossa missão é inspirar e facilitar soluções inteligentes, um trabalho transversal e em parceria com todas as secretarias do município e temos identificados inúmeras soluções ligadas às cidades inteligentes”, elucida o Coordenador de Cidades Inteligentes da Prefeitura do Rio de Janeiro, Willington Feitosa.

Para Lucas Campagna, Head de Comunicação Corporativa e Marketing da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (Prodam/SP), os dias de debate serão revertidos em impacto social. “Foram dois dias apresentando, debatendo e alinhando grandes ações para construirmos cidades inteligentes que cuidam de pessoas, para a transformação digital à serviço das pessoas. Essa é nossa missão aqui na Prodam e a base das govtecs, desenvolver e ofertar tecnologia para transformar vidas e impactar pessoas”, disse.

Já para Fabio Guerra, Executivo de Comunicação e Marketing da Hexagon, empresa líder global em sensores, softwares e soluções autônomas, acredita que participar do evento possibilitou novas parcerias: “Tivemos a oportunidade de conversar com um grande número de pessoas, tanto do Governo, quanto expositores e visitantes com forte possibilidade de parcerias. Foi uma oportunidade de mostrarmos nossas tecnologias no mundo real e fornecermos informações de maneira prática com exemplos e casos reais. No geral, o objetivo foi concluído”.

Entrega do Prêmio InovaCidade

Na terça-feira (24), foi a vez de reconhecer os projetos brasileiros que estão impactando positivamente a vida dos cidadãos com a cerimônia de entrega do Prêmio InovaCidade 2022, que celebrou iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida nas cidades com impactos positivos, mensuráveis e reconhecidos pela sociedade, realizados pela administração pública, iniciativa privada ou entidades da sociedade civil. A solenidade, que aconteceu no Teatro Paulo Eiró, em São Paulo, escolheu 24 projetos de todo Brasil entre as 96 inscrições recebidas.

Na ocasião, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, esteve acompanhado pelo Secretário Municipal de Inovação e Tecnologia da Cidade de São Paulo, Juan Quirós, para receber os prêmios conquistados pelo município com os projetos “Empreenda Fácil”, “Ciências Comportamentais” e pelo aplicativo “MEI Nota Fácil”. “A cidade de São Paulo realiza muitas ações dentro da área de tecnologia. É um grande prazer receber este evento no município, que possui toda essa pujança para desenvolver as questões tecnológicas”, saudou.

As cidades de Jundiaí e São Caetano do Sul tiveram seus projetos ganhadores escolhidos como destaques do Prêmio InovaCidade.

Os três dias de evento e a troca de experiências entre o setor público e privado devem reverberar nas ações inovadoras dentro dos municípios brasileiros. Com a missão de promover o ecossistema de cidades inteligentes, a próxima edição do Smart City Business está prevista para 2023. Para se manter informado sobre as ações do instituto no Brasil e no mundo, acesse o site: www.scbamerica.com 

Leia tambem:Brasil vence Maratona da Criatividade

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente