terça-feira, setembro 21, 2021
InícioEstilo de VidaAção social e prevenção de doenças transmissíveis movimenta a Baixada Fluminense

Ação social e prevenção de doenças transmissíveis movimenta a Baixada Fluminense

A reserva biológica brasileira foi um dos locais escolhido para mais uma ação social. Ela estende-se por uma área de 26 mil hectares e abrange também parte de Duque de Caxias, Petrópolis, Miguel Pereira e Engenheiro Paulo de Frontin. Em 1997, a reserva foi declarada patrimônio da humanidade pela UNESCO e esta incluída na reserva da biosfera da mata Atlântica. Hoje, a reserva recebe um numero elevado de jovens, alguns em situação de risco e vulnerabilidade e a ONG AGANIM DIREITOS HUMANOS e o programa de DST/AIDS de Nova Iguaçu preocupado com a saúde de todos, e contam com as profissionais Ieda Sales e Ligia Coelho Domingos, gerente de doenças crônicas no centro de testagem e acolhimento de Nova Iguaçu e fazem um belíssimo trabalho em parceria com a sociedade civil. Distribuíram álcool gel, preservativos masculinos e femininos, gel, sabonete, máscaras e materiais informativos. A luta continua contra o HTLV, Tuberculose, Sífilis, Aids, Covid e outras doenças pandêmicas.

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente