terça-feira, outubro 19, 2021
InícioEstilo de VidaA rotina agitada do prefeito de Miami - Francis Suarez

A rotina agitada do prefeito de Miami – Francis Suarez

A rotina agitada do prefeito de Miami – Francis Suarez. Tudo começa pela ferramenta virtual – “Internet“. Quando Delian Asparouhov, do fundo do VC FOUNDERS FOUND, sugeriu no twitter que Silicon Valley se mudasse de mala e cuia para Miami, o inusitado prefeito de Miami tuitou de volta “How can I help you?”

A conversa viralizou tanto que atraiu executivos, celebridades e fundadores de toda parte  do mundo tech , como Jack dorsey, do twitter, Davy Portnoy, do Barstool Sports e Keith Rabois, um dos fundadores do Founders Fund, que já se mudou para Miami, que virou uma espécie de “cheerleader” de Suarez, na campanha para atrair talentos.

A motivação e o espírito de coletividade impulsiona pessoas através do twitter? Marcelo Claure do Soft Bank, juntou-se ao grupo e anunciou um investimento de U$  100 milhões objetivando atrair startups para a cidade.

Do dia para noite , Miami virou alvo de chats e reuniões , tornando Suarez o queridinho da vez e sua campanha #MoveToMiami explodiu.

A rotina agitada do prefeito de Miami – Francis Suarez

A ambição de Suarez demonstra como as grandes cidades precisam lutar entre si para impulsionar o emprego e os impostos que vêm com as empresas de tecnologia – uma disputa agravada pelo redimensionamento da superações do mundo na era COVID-19.

Desde então , o jovem prefeito de 42 anos de idade , mão perde a oportunidade de promover Miami como a melhor opção para refugiados bay Area e nova-iorquinos infelizes buscando melhor qualidade de vida. A rotina do prefeito inclui comentar dezenas de  posts por dia do seu eleitorado.

A fauna coorporativa e engajada do prefeito ainda inclui os gêmeos Tyler e Cameron Winklevoss – os supostos originais criadores da idéia do Facebook – que entre uma conversa e outra sobre blockchain e como fazer Miami ser competitiva no mercado.

Encontro de Suarez com Jair Bolsonaro

O prefeito de Miami – Suarez ladeado pelo Presidente do Brasil Jair Bolsonaro em cerimônia solene em Miami – FL

O prefeito de Miami, Francis Suarez, anunciou  que recebeu diagnóstico de coronavírus após participar de evento com o presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva, na segunda-feira (9), na Flórida. Em coletiva da imprensa local confirmou que fez o teste e que é portador do vírus. O prefeito disse ainda que seguirá as normas do departamento de saúde americano e ficará de quarentena pelos próximos 14 dias, governando remotamente. Aos 42 anos, Suarez não está no grupo de risco —a doença é mais nociva a pessoas mais velhas— e disse que agora sua preocupação é em relação aos que interagiram com ele nos últimos dias. Em nota divulgada, o prefeito afirmou que, se a pessoa não o cumprimentou ou não teve contato enquanto ele tossia ou espirrava, não há nada o que fazer agora. Mas “se nos cumprimentamos ou eu espirrei ou tossi perto de você desde segunda-feira, é recomendável que você se isole por 14 dias, sem a necessidade de fazer teste.”

Nos EUA, grande parte dos hospitais e laboratórios tem exigido que o paciente apresente sintomas, como febre e tosse seca, e tenha tido exposição prolongada a outra pessoa, além de ter recebido o diagnóstico de coronavírus para fazer o teste. Suarez esteve com a comitiva brasileira na manhã de segunda, em um hotel de Miami, para um evento com empresários brasileiros. Ele entregou a chave da cidade nas mãos de Bolsonaro. O secretário de Comunicação do Planalto, Fabio Wajngarten, que estava na comitiva e no evento, teve confirmado o diagnóstico de coronavírus , o que alarmou diversas autoridades brasileiras e americanas que tiveram contato com ele durante a visita de Bolsonaro à Flórida.

O presidente brasileiro, por sua vez, anunciou que seu teste para o coronavírus deu negativo. Desde quinta, após a publicação da notícia sobre Wajngarten, o senador republicano Rick Scott, que também esteve no evento de segunda, afirmou que estava se colocando em quarentena, porque havia tido contato com as pessoas da comitiva brasileira, mas não havia diagnóstico sobre seu caso. Já o senador Marco Rubio, que se encontrou com Bolsonaro em uma reunião privada no mesmo hotel, mas não participou do evento na sequência, disse que está monitorando sua situação e não iria cumprir quarentena ou fazer exames, pois não havia entrado em contato com Wajngarten.

Fotos: Divulgação / Internet
Fonte: Imprensa Miami – FL
Edição: Costa Consulting Co
Saiba mais: https://lifefashionmag.com/musicos-brasileiros-conquistam-publico-italiano-no-concurso-internacional-je-so-pazzo/

 

Sula Costahttp://www.sulacosta.com
Sula Costa é goiana, natural de Anápolis, GO. Formou-se em Publicidade, Marketing e Jornalismo. Em NY, trabalhou com produtoras cinematográficas internacionais, Organizações de Instituto de Pesquisa em Preservação do Meio ambiente na ONU. Estudou produção de TV na Califórnia , designer gráfico e fotografia em NY. Trabalhou em projetos de restauração,construção e intervenção, planejamento culturais para o Brasil . Cobriu os principais eventos econômicos do Brasil em New York; trabalhou como correspondente internacional para o jornalista Gilberto Amaral. É Diretora Executiva da Costa Consulting,,, empresa de consultoria e fomento cultural em Brasilia e, World Art Show em São Paulo, empresa que apoia a arte visual do Brasil.

Deixe uma resposta

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

Valéria on Funk consciente