MARISA MONTE retorna aos palcos e anuncia a sua maior turnê pelos EUA.

A cantora e compositora MARISA MONTE, uma das estrelas mais aventureiras e internacionalmente aclamadas por mais de trinta anos, está retornando aos palcos com força total.

0
84

MARISA MONTE retorna aos palcos e anuncia a sua maior turnê pelos EUA.

A cantora e compositora MARISA MONTE, uma das estrelas mais aventureiras e internacionalmente aclamadas por mais de trinta anos, está retornando aos palcos com força total. Monte retomará a turnê em janeiro de 2022. E, em março, lançará uma turnê por dez cidades nos Estados Unidos – a maior de sua carreira até agora. Seu novo espetáculo tem como base em seu décimo segundo álbum, Portas (Doors), lançado em julho através de seu próprio selo Phonomotor. E distribuição pela Sony Music. A saber, até o momento, já ultrapassou mais de 30 milhões de reproduções em streaming.

MARISA MONTE retorna aos palcos e anuncia a sua maior turnê pelos EUA.

Monte possui em sua voz a cadência e a delicadeza da bossa nova, mas seu canto, assim como suas composições, é movido por uma inteligência feroz, uma curiosidade sobre a condição humana e uma paixão por riscos. A cantora  colaborou com uma grande variedade de artistas de vanguarda, incluindo Seu Jorge, David Byrne, Philip Glass, Caetano Veloso, Ryuichi Sakamoto, Arto Lindsay, John Zorn e Laurie Anderson.

Recentemente a Sony Music também lançou o single “Vento Sardo” (Sardinian Wind), escrito e interpretado por Marisa Monte e Jorge Drexler, o cantor e compositor uruguaio vencedor do Oscar. Juntos compuseram a música enquanto velejavam na Sardenha. Cantada em espanhol e português, fala sobre “o fluxo da vida”, comenta Marisadiz Monte, “e como as coisas estão sempre em um movimento dinâmico, mudando o tempo todo”.

https://youtu.be/80GGyFtgjN0

Tour de Marisa Monte

  • U.S. Tour Runs March 4 – 27, Supporting Singer’s New Album Portas (Doors),
  • Dueto com h Jorge Drexler “Vento Sardo” já lançado
  • Monte Wins Tenco Award for Songwriting, the First Female Brazilian Composer to be Honored
  • MARISA MONTE “Portas” U.S. Tour 2022 – Tickets on Sale Friday Oct 29
  • Mar 4 Ft. Lauderdale, FL Broward Center for the Performing Arts
  • Mar 6 Atlanta, GA The Buckhead Theatre
  • Mar 10 N. Bethesda, MD Strathmore
  • Mar 12 Minneapolis, MN State Theatre
  • Mar 15 Chicago, IL The Vic
  • Mar 17 Stamford, CT The Palace Theatre
  • Mar 19 Boston, MA Berklee Performance Center
  • Mar 22 New York, NY The Town Hall
  • Mar 25 Berkeley, CA The UC Theatre
  • Mar 27 Los Angeles, CA Royce Hall

MARISA MONTE retorna aos palcos e anuncia a sua maior turnê pelos EUA

Marisa Monte recebeu, em 22 de outubro, em Sanremo, Itália, o prémio Tenco pelo conjunto de sua obra. Os premiados anteriores incluem Leonard Cohen, Joni Mitchell, Tom Waits e vários ícones do Brasil, como Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque e Vinicius de Moraes.

Monte é a primeira homenageada de seu país. “Estou feliz por representar todas as minhas irmãs brasileiras”, diz ela, “e por abrir portas para elas fora do Brasil. As cantoras, antes da minha geração, não compunham tanto quanto agora. É uma mudança interessante na forma como as mulheres ocupam espaço no cenário musical brasileiro e reflete também a nossa presença na sociedade ”.

Seu mais novo álbum surgiu do confinamento imposto pela pandemia. Em casa no Rio com o marido, filho e filha, Monte planejou “Portas”, um disco recheado de sons suaves e reconfortantes e mensagens de esperança. “Queria oferecer algo que pudesse curar e ajudar as pessoas a atravessar esse momento, a não ficarem tão deprimidas e tristes”, diz ela. Sobre a faixa-título, Monte explica: “As portas são elementos muito simbólicos; eles falam sobre oportunidades, mudanças, transformações, então, queria oferecer uma sensação de passagem. ”

Em novembro de 2020, quando as restrições do COVID começaram a diminuir, ela começou a gravar com seus músicos no estúdio, com todas as precauções de segurança. Músicos de Nova York, Espanha e Portugal fizeram contribuições por meio do Zoom. Foram feitos vídeos para todas as canções. Assim como, “pequenos documentários musicais que mostram o processo de gravação”, diz Monte, “mas também o jardim, o mar, o céu, tudo o que estava fora durante o confinamento, quando todos tínhamos um espaço físico muito limitado para viver. ”

Marisa Monte “Portas”

“Calma”Marisa Monte e Jorge Drexler “Vento Sardo”Até então, Monte estava rodeada do esplendor sem limites do Rio, onde nasceu, em 1 de julho de 1967. O pai era engenheiro e também trabalhava na escola de samba da Portela, onde ajudou a acender sua paixão pela música. Marisa aprendeu a tocar piano e bateria, cantou em uma produção escolar de The Rocky Horror Show, mudou-se para Roma na adolescência para estudar ópera e depois começou a cantar canções brasileiras em bares italianos.

Nelson Motta, jornalista e produtor musical carioca, viu Marisa Monte e percebeu seu potencial; depois que ela se mudou, ele ajudou a criar seu primeiro show, Veludo Azul (Blue Velvet). Tanto que o cineasta brasileiro Walter Salles (Estação Central, Diários de Motocicleta) dirigiu uma versão para a TV. Motta produziu o primeiro álbum de Monte, Marisa Monte, para a EMI. Isso a marcou como uma exploradora destemida do pop mundial, desde “I Heard It Through the Grapevine” ao samba tradicional, samba-funk e rock brasileiro até “Bess, You Is My Woman” dos Gershwins. O disco de Monte vendeu meio milhão de cópias.

Na sequência, Mais (More), ela fez parceria pela primeira vez com Arto Lindsay, o iconoclasta músico e produtor americano. “Mais” a estabeleceu como compositora e também como ímã para outros artistas experimentais. Monte compôs várias músicas com Nando Reis e Arnaldo Antunes, dos Titãs. Também foi acompanhada por Ryuichi Sakamoto, o compositor de música eletrônica ganhador do Oscar e do GRAMMY e outro aclamado aventureiro, o guitarrista Marc Ribot.

Desde então, Monte recebeu um banho de reconhecimento. Seu álbum de 2000, Memórias, Crônicas e Declarações de Amor (Memórias, Crônicas e Declarações de Amor), incluiu “Amor I Love You”, a maior música do ano no Brasil. O vídeo rendeu a Monte um de seus sete MTV Video Music Awards. Dois anos depois, veio o primeiro disco dos Tribalistas, festejado trio formado por Monte, Antunes e Carlinhos Brown, o carismático cantor e ativista social baiano. O tema de seu álbum duplo de platina de 2006, Universo ao Meu Redor, é o samba. Isso rendeu à cantora um de seus quatro Latin GRAMMYs.

Marisa Monte em turnê pelos Estados Unidos

Em sua turnê, ela liderou uma banda repleta de alguns dos músicos mais procurados do Brasil. Entre eles estão o baixista Dadi, um favorito das estrelas de primeira linha, incluindo Caetano Veloso e Jorge Benjor, desde os anos 70; baterista Pupillo (Nação Zumbi, Gal Costa, Seu Jorge, Céu); o guitarrista Chico Brown, co-autor de várias faixas de Portas e o prolífico e talentoso filho de Carlinhos Brown; o percussionista Pretinho da Serrinha (Seu Jorge, Tribalistas, Caetano Veloso); e o violonista Davi Moraes (Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Maria Rita).

“Estou muito feliz por voltar à estrada”, diz Monte. “Nunca passei tanto tempo sem cantar ao vivo. Estou muito feliz por ter a oportunidade de ir para os Estados Unidos e cantar em muitas cidades onde nunca me apresentei. É bom para mim, depois de 35 anos, ter essa chance.”

Vídeoshttps://mm.lnk.to/PortasNoYouTubeWebsitewww.marisamonte.com.brwww.instagram.com/marisamontewww.twitter.com/marisamontewww.facebook.com/marisamonteoficial

MARISA MONTE “Portas”

Single Release MARISA MONTE com JORGE DREXLER “Vento Sardo”https://spaces.hightail.com/receive/7f3KzZ6cim

PORTAS Album Cover Arthttps://spaces.hightail.com/receive/h2L1QSgRzc

PORTAS Album Booklethttps://spaces.hightail.com/receive/xv9hgCzDx5

VIDEO LINKSMarisa Monte “Portas” Videoshttps://mm.lnk.to/PortasNoYouTubeMarisa Monte + Jorge Drexler “Vento Sardo”

Fotos: Divulgação / InternetFonte: Cindy Byram PR

Deixe uma resposta