[O PERFIL DO CORRUPTO] Professor da University College London lança livro onde explica se o poder corrompe as pessoas

Entenda a definição do que é o poder, o que acontece com a mente de quem chega lá e como é possível garantir que os incorruptíveis cheguem ao topo

Empresários e políticos que roubam e policiais que matam são resultado de sistemas mal projetados ou são apenas pessoas más? E os tiranos? São criados ou já nasceram assim?   Quais os tipos de pessoas conquistam o poder e como isso nos muda? Para responder essas questões e desvendar o que tanto atrai o ser humano ao poder, Brian Klass, professor de Política Global na University College London escreveu “Corruptíveis”, um lançamento da editora Cultrix.

Klass, que é e colunista do The Washington Post, traz um olhar revelador e provocativo sobre o poder, baseando-se em mais de 500 entrevistas realizadas com presidentes, líderes religiosos, ditadores, CEOs, criminosos condenados, golpistas e torturadores, além diversas outras pessoas que chegaram ao topo. “Corruptíveis” responde a quatro principais perguntas:

  • As pessoas piores são as que chegam ao poder?
  • O poder é o que torna as pessoas piores?
  • Por que deixamos pessoas que, sem dúvida não têm porque estar no comando, nos controlarem?
  • Como podemos garantir que os incorruptíveis cheguem ao topo?

Klass foi assessor de importantes políticos e organizações, entre as quais, a OTAN a União Europeia e a Anistia Internacional e é especialista em democracia, autoritarismo, política norte-americana, política externa, violência política e eleições. O autor estuda o tema do poder e da corrupção há uma década, por todo o mundo – da Bielorrússia à Grã-Bretanha, da Costa do Marfim à Califórnia, da Tailândia à Tunísia, da Austrália à Zâmbia. “Quando você aperta a mão de alguém que cometeu diversos crimes ou toma café com um déspota cruel que torturava seus inimigos, é surpreendente como é raro que eles correspondam à caricatura do mal. São frequentemente encantadores. Fazem piadas e sorriem. À primeira vista não parecem monstros, mas, muitos são”, diz Klass.

“Corruptíveis”   traz ainda novas luzes a diversas conclusões surpreendentes, como:

  • A fisionomia determina quem escolhemos como líderes;
  • Por que os narcisistas ganham mais dinheiro;
  • Por que algumas pessoas não querem absolutamente poder algum e outras são atraídas para ele por um impulso psicopático;
  • E por que ser o “beta” (segundo no comando) pode realmente ser a posição ideal para sua saúde e bem-estar

Elogios ao livro:

“Os sedentos pelo poder não perguntam ‘por quê’; eles só perguntam ‘por que não’? Manter essas pessoas longe das alavancas do poder é ganhar pelo menos metade da batalha, como Brian Klaas explica tão bem em ‘Corruptíveis’ – um sistema GPS para navegar em um mundo cada vez mais repleto de democracias antiliberais, e ditaduras modernizadas e populistas que só se interessam pelo poder. ”

– Garry Kasparov, Presidente da Renew Democracy Initiative e da Human Rights Foundation; ex-campeão Mundial de xadrez

“Apaixonado, inteligente e vez por outra espantoso, ‘Corruptíveis’ nos apresenta a história da inebriante atração do poder – e de como ela moldou o mundo moderno. ”

 – Peter Frankopan, autor do best-seller Internacional The Silk Roads: A New History of the World

“Ideias valiosas e observações fascinantes… lançando luz sobre esforços recentes a fim de garantir que cheguem ao poder os incorruptíveis, não os corruptos. ”

– Richard Stengel, ex-editor-chefe da revista Time e autor de Information Wars

“Uma leitura fascinante… Klaas tem ideias impressionantes, apresenta uma ciência impecável de forma acessível e conta histórias fantásticas – tudo com grande estilo e com um humor notavelmente sarcástico. ”

– Robert Sapolsky, autor de Behave: The Biology of Humans at Our Best and Worst, best-seller do New York Times

Sobre o Autor:

BRIAN KLAAS foi criado em Minnesota. Concluiu seu doutorado em Oxford e hoje é professor de Política Global na University College London. Tem também uma coluna semanal no Washington Post, apresenta o premiado podcast Power Corrupts [O Poder Corrompe] e é convidado com frequência para entrevistas na televisão norte-americana. Klaas realizou pesquisas de campo no mundo inteiro entrevistando déspotas, CEOs, vítimas de tortura, dissidentes políticos, líderes de seitas, criminosos e gente que rotineiramente abusa do poder. Ele também assessorou importantes políticos e organizações, entre elas, a Otan, a União Europeia e a Anistia Internacional. É especialista em democracia, autoritarismo, política norte-americana, política externa, violência política e eleições. Escreveu The Despot’s Apprentice: Donald Trump’s Attack on Democracy (2017); The Despot’s Accomplice: How the West is Aiding & Abetting the Decline of Democracy e How to Rig an Election, em coautoria com o professor Nic Cheeseman, (2018).

Sobre o Grupo Editorial Pensamento:

Desde 1907, o Grupo Editorial Pensamento publica livros para um mundo em constante transformação e aposta em obras reflexivas e pioneiras. Na busca desse objetivo, construímos uma das maiores e mais tradicionais empresas editoriais do Brasil. Hoje, o Grupo é formado por quatro selos: Pensamento, Cultrix, Seoman e Jangada, e possui em catálogo aproximadamente 2 mil títulos, publicando cerca de 80 lançamentos ao ano. Ao longo de sua trajetória, o Grupo Editorial Pensamento aposta em mensagens que procuram expandir o corpo, a mente e o espírito. Mensagens que emanam energia positiva e bem-estar. Mensagens que equilibram o ser. Mensagens que transformam o mundo.

***

Serviço:

Livro: Corruptíveis

Autor: Brian Klaas

Editora: Cultrix

Páginas: 384

Preço: R$ 66,00

Deixe uma resposta